Skip to Content
Product Information

TDF: Otimização do consumo de memória e armazenamento de dados em sistemas TDF

(Scroll down for the English version, which is proudly presented by the SAP Translation Portal)

 

 

Olá pessoal,

 

Hoje vamos falar sobre a otimização no consumo de memória SAP HANA. Vocês já conhecem a tecnologia NSE?

A Native Storage Extension (NSE), disponível a partir do SAP HANA 2 SPS 05, permite que você gerencie os dados acessados com menos frequência sem carregá-los completamente na memória, deste modo, há redução no consumo de recursos e a otimização do uso de memória, propondo uma melhor relação custo-desempenho.

Existem três tipos de classificação de dados, dos quais vamos falar sobre a seguir:

Dados Quentes: são os dados mantidos continuamente na memória, em local de acesso rápido e performático, ideal para dados de processamento e análise em tempo real.

Dados Mornos: são aqueles que não são utilizados com tanta frequência, mas ainda assim precisam ser consumidos esporadicamente junto dos dados quentes. Entretanto, não necessitam estar constantemente em memória.

Dados Frios: são os dados utilizados somente para leitura e com requisições de acesso muito baixas. São gerenciados separadamente do banco de dados HANA, mas ainda assim podem ser acessados através de recursos do HANA.

A imagem abaixo traz um comparativo entre o banco de dados com e sem a utilização de NSE, exemplificando assim o armazenamento em memória de dados quentes e os dados mornos disponíveis em disco:

Comparativo%20do%20uso%20do%20NSE%20no%20banco%20de%20dados%20HANA

Comparativo do uso do NSE no banco de dados HANA

 

Normalmente o SAP HANA mantém todos os dados na memória para processamento rápido, ou seja, na área quente. A NSE permite que você determine quais dados devem permanecer em cada área, liberando assim mais espaço de memória para os dados que realmente necessitam de maior desempenho durante seu processamento.

É importante também mencionar que o desempenho da consulta em dados mornos pode ser um pouco reduzido em comparação com o desempenho em dados quentes.

 

Vamos falar sobre NSE no TDF

 

A NSE permite a liberação de memória removendo da área quente os dados não utilizados. Isto pode ser benéfico na solução TDF(Tax Declaration Framework) se deixarmos na área quente apenas os dados necessários para as aplicações e consumidos pelo CTR (Central Tax Repository).

Quando olhamos para as principais tabelas do sistema, como por exemplo a tabela Itens do Documento Contábil (BSEG), que possui aproximadamente 369 campos, observamos que é necessário manter cerca de 36 campos na área quente, que são aqueles utilizados pelo CTR.

Em uma pré-análise, podemos averiguar que para execução de todos os relatórios disponíveis para o TDF é  necessário apenas 1/3 de todas as colunas disponíveis nas tabelas.

Para você se beneficiar desse recurso, mapeamos todos os campos utilizados pelo CTR e disponibilizamos  uma lista em forma de template para acelerar a sua configuração de NSE.

Esta lista está disponível através da SAP Note 2954510.

Para melhor atender as características do seu sistema, você também pode utilizar o NSE Advisor. A execução do NSE Advisor resulta em uma lista de tabelas, partições e colunas com sugestões sobre os dados que devem ser carregáveis por página ou coluna. Assim, você pode melhor determinar a classificação de dados de acordo com a temperatura sugerida para cada um deles com base na frequência e modo de uso.

 

E como aplicar a NSE?

Para utilizar a NSE não é necessário que você modifique nenhuma aplicação de seu sistema. As configurações são realizadas a partir de comandos SQL executados diretamente em seu banco de dados HANA, conforme imagem abaixo:

Comandos%20SQL%20no%20banco%20de%20dados%20HANA 

Comandos SQL no banco de dados HANA

 

Através de comandos como o exemplificado acima, você move as colunas e tabelas entre áreas quente e morna, otimizando-as conforme sua necessidade.

Agora que você já foi apresentado a tecnologia NSE, que tal planejar a sua configuração ?

Você também pode explorar a tecnologia e expandir seu conhecimento. Para mais informações sobre o TDF e a NSE, veja os seguintes conteúdos:

 

Gostaríamos muito de saber o seu feedback. Deixe seu comentário abaixo caso tenha alguma dúvida ou sugestão para um próximo post. E não esqueça de seguir a tag SAP Tax Declaration Framework for Brazil aqui na SAP Community para ficar ligado nas últimas notícias sobre o Tax Declaration Framework (TDF).

 

Além dos comentários, você pode entrar em contato conosco através da plataforma Customer Influence. Lá você pode propor ideias para melhorar o nosso produto, votar em outras ideias já lançadas e acompanhar ideias em implementação.

 

Até a próxima!

Bruno Maciel

 

Time de desenvolvimento do TDF

#SAPGoGlobal #SAPLocalization

 

 

TDF: Optimization of memory consumption and data storage in TDF systems

 

Hello,

Today we are talking about optimizing the SAP HANA memory consumption. Do you already know the NSE technology?

The Native Storage Extension (NSE), available as of SAP HANA 2 SPS 05, allows you to manage the data that’s accessed less frequently without loading it completely into memory, this way, reducing the resource consumption and optimizing memory usage, offering a better cost-effectiveness.

There are three types of data classification, which we will talk about:

Hot Data: Data kept continuously in memory, in a fast and performative access location, ideal for real-time processing and analysis data.

Warm Data: it is those that are not used so often, but still need to be consumed sporadically along with hot data. However, they do not need to be constantly in memory.

Cold data: This is the data that is read only and with very low access requests. They are managed separately from the HANA database, but can still be accessed via HANA resources.

The image below provides a comparison between the database with and without the use of NSE, thus exemplifying the warm data storage and warm data available on disk:

Comparative%20of%20the%20NSE%20usage%20on%20HANA%20database

Comparative of the NSE usage on HANA database

 

Normally SAP HANA keeps all data in memory for fast processing, that is, in the hot area. NSE allows you to determine which data should remain in each area, thus freeing up more memory space for the data that really needs the most performance during its processing.

It is also important to mention that query performance on warm data can be slightly reduced compared to hot data performance.

 

Let’s talk about NSE at TDF

 

NSE allows the release of memory by removing unused data from the hot area. This can be beneficial in the TDF(Tax Declaration Framework) solution if we leave in the hot area only the data required for the applications and consumed by the CTR (Central Tax Repository).

When we look at the main system tables, such as the Accounting Document Items (BSEG) table, which has approximately 369 fields, we observe that it is necessary to maintain about 36 fields in the hot area, which are those used by CTR.

In a pre-analysis, we can ascertain that to run all the reports available for TDF, only 1/3 of all columns available in the tables are required.

For you to take advantage of this feature, we have mapped all the fields used by CTR and provided a template form list to accelerate your NSE configuration.

This list is available via SAP Note 2954510.

 

To better meet the characteristics of your system, you can also use the NSE Advisor. Running the NSE Advisor results in a list of tables, partitions, and columns with suggestions about which data should be loadable per page or column. Thus, you can better determine the classification of data according to the temperature suggested for each of them based on frequency and mode of use.

And how can NSE be applied?

To use NSE, you do not need to change any application of your system. The settings are made from SQL commands executed directly on your HANA database, as shown below:

SQL%20Commands%20on%20HANA%20Database

SQL Commands on HANA Database

 

Using commands such as the example above, you move columns and tables between hot and warm areas, optimizing them as needed.

Now that you have been introduced to NSE technology, what about planning your configuration?

You can also explore the technology and expand your knowledge. For more information on TDF and NSE, check out the following content:

 

Feel free to leave your comment below if you have questions or suggestions for a next post. And do not forget to follow the SAP Tax Declaration Framework for Brazil tag here on SAP Community to stay tuned on Tax Declaration Framework (TDF) latest news.

 

In addition to comments, you can contact us through the Customer Influence platform. There you can propose ideas to improve our product, vote on other ideas that have already been posted and track ideas in implementation.

 

See you next time,

Bruno Maciel

TDF Development Time

#SAPGoGlobal #SAPLocalization

 

 

Be the first to leave a comment
You must be Logged on to comment or reply to a post.