Skip to Content
Technical Articles

SAP Transportation Management (TM) – Lançamento do Faturamento de Frete

Neste Blog Post, você irá aprender a como realizar a configuração no SAP Transportation Management S/4HANA – mais conhecido como SAP TM – para que através do lançamento do faturamento de frete, a provisão do custo de frete seja lançada gerando consequentemente os documentos necessários para realização dos processos fiscais, contábeis e financeiros.

Trataremos neste blog post a visão do embarcador: a empresa que compra o serviço de frete, carrega o caminhão, e paga o fornecedor (transportador).

Cenário: Sua transportadora ou prestadora de serviços de logística fornece um serviço de transporte de carga, com isso é necessário que você siga o processo de faturamento de frete e seu respectivo lançamento, para liquidar os custos de frete com sua transportadora assim que o serviço de transportes for finalizado e/ou conforme acordo realizado.

Para realização deste processo no SAP, se faz necessário principalmente as configurações relacionadas aos módulos de TM, FICO e MM.

Entretanto neste blog o objetivo é trazermos as configurações que são necessárias no TM para realização da integração do faturamento de frete (liquidação de frete) e criação dos documentos envolvidos com os processos de compras do serviço de frete (Pedido de compras/MIGO, Folha de registro de serviços).

As premissas são que as configurações citadas abaixo já estejam realizadas:

Configurações TM:

– Definir tipo de ordem de frete

– Definir tipo de faturamento de frete

– Tipos de custo / categoria / subcategoria de frete

– Criar um registro mestre de serviços (TCODE: SC03)

– Definir perfil de cálculo / custos / faturamento (consultar ao final do artigo)*

– Definir estrutura organizacional TM (Replicar organização de compras S/4HANA – transação: PPOCE)

– Configuração Background RFc  (Note https://launchpad.support.sap.com/#/notes/2641251)

 

Configurações MM:

– Estrutura Organizacional: Organização de Compras, Centros

– Documentos: Tipo doc. Compras, Grupo de mercadorias, Grupo de Compradores

– Impostos/Tax Determination: Tabela de Condições, Sequência de Acesso, Tipos de Condições

 

Configurações FICO:

– Estrutura Organizacional: Empresa e demais configurações de FICO

 

Configurações Necessárias (TM):

No menu ‘Integração para lançamento de liquidação’, temos a primeira configuração essencial para o lançamento do faturamento (liquidação) do frete:

Nesta configuração você pode atribuir informações do documento de faturamento de frete do SAP Transportation Management (SAP TM), a informações de compras na administração de materiais (MM) para a criação dos pedidos de compras de serviço de frete:

Cada campo da configuração tem seu objetivo específico, conforme detalhado abaixo:

  1. Tipo documento: tipo de pedido de compras que será criado a partir da realização do lançamento (uma boa prática é direcionar para a equipe MM a criação de um ou mais pedido(s) de compras exclusivo(s) para o(s) serviço de frete).
  2. Grupo de mercadorias: esta configuração é a chave com a qual as prestações de serviços são agrupadas com os mesmos atributos e atribuídos a um determinado grupo de mercadorias, geralmente tem como objetivo a restrição do escopo de análise.
  3. Centro: indica para qual centro dentro de uma empresa à qual o pedido de compras de serviço de frete será lançado. (Uma boa prática em cenários de negócio com diversos centros, é realizar a determinação do centro via BADI conforme SAP Note https://launchpad.support.sap.com/#/notes/2583557)
  4. Grupo Compradores: Encarregado de compras ou grupo de compradores que é responsável pelas atividades de compras relacionadas ao serviço de frete.

No menu ‘Atribuir registro mestre de serviços e categoria de classificação contábil’, você pode atribuir informações sobre tipos de custos da gestão de transportes (TM) a um registro mestre de serviços (MM) e a uma categoria da classificação contábil utilizados para o lançamento na contabilidade financeira (FI).

Para cada linha de custo calculado na ordem de frete é possível atribuir um mestre de serviços distinto além de uma categoria de classificação contábil distinta, conforme abaixo:

  1. Tipos de custo / categoria / subcategoria de frete: para este conjunto de custos será atribuído o nº de serviço e classificação contábil distinta.
  2. Nº de serviço: Indica o número do registro mestre de serviço cujo o lançamento do faturamento de frete será lançado.
  3. A categoria de classificação contábil determina os dados de classificação (p.ex. centro de custo, número de conta etc.) necessários para o item de serviço de frete.

A SAP direciona na configuração best practices a categoria de classificação contábil ‘K’ – Centro de Custo, porém esta é uma decisão que cabe a definição do projeto.

Como vocês puderam observar, o lançamento do faturamento do frete é uma etapa crucial no processo que tange o pagamento do serviço realizado pelo seu transportador/fornecedor, e realizá-lo de forma efetiva é essencial para que a solução de gestão de transportes obtenha sucesso em sua utilização.

Quer saber como configurar o perfil de cálculo, perfil de custos e perfil de faturamento?

*Consulte JÁ: https://blogs.sap.com/2019/07/15/sap-transportation-management-tm-calculo-de-custo-e-split-de-faturamento-por-etapas-embarcador/

Quer saber mais sobre o processo de faturamento de frete? COMENTE aqui o tema que deseja entender mais a fundo 🙂

 

Agradeço pela atenção,

Leonardo Assumpção

Consultor SAP S/4HANA

5 Comments
You must be Logged on to comment or reply to a post.