Skip to Content
Technical Articles

SAP Cloud Platform Integration: Métodos de Transporte

O sistema de transporte é um elemento extremamente crítico de um ambiente SAP, e se não for dada a devida atenção durante as fases de planejamento, pode acabar resultando em erros, inconsistências, falhas de segurança e paradas não planejadas no ambiente produtivo.

Desde os primórdios dos sistemas SAP, geralmente é recomendada a utilização de três ambientes: todo o desenvolvimento e customização é feito no ambiente de desenvolvimento, as modificações são testadas no QA e depois que tudo tiver sido devidamente testado e aprovado com sucesso, as modificações são importadas para o ambiente produtivo. Para mover estes objetos através dos ambientes, um mecanismo de transporte deve garantir que todas as modificações sejam implementadas corretamente.

As ferramentas de transporte evoluíram ao longo do tempo, mas o conceito original ainda se aplica à maioria dos sistemas SAP atuais. No SAP Cloud Platform Integration, por exemplo, é possível criar subaccounts separadas para representar os ambientes de teste e de produção. Os pacotes de integração (iFlows) podem então ser reutilizados entre vários ambientes, exportando o conteúdo de um tenant e importando-o para outro através do sistema de transporte utilizado.

Vamos considerar um exemplo em que você tem dois ambientes: teste e produção. Os fluxos de integração (iFlows) são projetados, desenvolvidos e testados no ambiente de teste, e funcionam corretamente. Ao invés de recriar manualmente o mesmo fluxo no sistema de produção, você pode reutilizar o mesmo conteúdo que já foi criado e testado.

No SAP Cloud Platform Integration, geralmente é recomendado criar uma estrutura com pelo menos duas subaccounts: desenvolvimento e produção. No entanto, em estruturas com amplo desenvolvimento, deve-se considerar uma terceira subacccount exclusiva para testes, deixando um tenant dedicado para desenvolvimento e outro exclusivamente para testes. Por isso, é importante considerar os critérios organizacionais em relação aos processos de qualidade que a sua empresa segue.

Assim que a estrutura for definida, o método de transporte deve ser escolhido. Atualmente, existem quatro opções disponíveis:

CTS+: O Enhanced Change and Transport System (CTS+) é recomendado para cenários híbridos. Além do tratamento do transporte de sistemas locais (como objetos ABAP), o CTS+ também permite transportar artefatos do SAP Cloud Platform Integration de uma subaccount para outra.

Transport Management Service: o serviço SAP Cloud Platform Transport Management (TMS) é recomendado para cenários centrados na nuvem. Permite que conteúdo específico de integração do SAP Cloud Platform Integration, seja transportado entre diferentes subaccounts, que também podem residir em diferentes contas globais espalhadas em diferentes regiões. Este serviço pode ser especialmente adequado se você não tiver uma estrutura baseada em ABAP, não deseja envolver sistemas ABAP locais (on-premise), ou pretende tratar conteúdo específico do SAP Cloud Platform.

Download MTAR: nesta opção, você baixa manualmente o arquivo MTAR do tenant de integração que você deseja exportar conteúdo o carrega manualmente para um sistema CTS+.

Transporte Manual: nesta opção, o conteúdo de integração é manualmente exportado do tenant de origem e importado manualmente no tenant de destino.

Estas opções requerem diferentes níveis de planejamento e infraestrutura, de modo que as necessidades organizacionais devem ser avaliadas para garantir que o método escolhido atende às necessidades de desenvolvimento, padrões de segurança e especificações de auditoria, já que algumas dessas opções podem não fornecer rastreabilidade suficiente das modificações.

Para saber como configurar um mecanismo de transporte em seu ambiente, assista ao tutorial “Setting up Transport Management for SAP Cloud Platform Integration” disponível no SAP Learning Hub (em inglês).

Este tutorial explica, passo a passo, como você pode configurar e executar o transporte em seu sistema de integração utilizando CTS+, TMS, download MTAR e transporte manual.

Nota: para acessar o SAP Learning Hub, edição para SAP Enterprise Support, é necessário um logon único.

https://support.sap.com/en/offerings-programs/enterprise-support/enterprise-support-academy/learn.html 

Somente os clientes com um dos seguintes contratos de manutenção são elegíveis para acessar a edição de suporte: SAP Enterprise Support, SAP Enterprise Support, Cloud Edition ou SAP Product Support for Large Enterprises (PSLE).

É necessário um S-user válido para assistir às sessões de webinar. Se houver problemas no registro das sessões, entre em contato com o SAP Enterprise Support Academy.

Mais informações, incluindo como entrar em contato com o SAP Enterprise Support Academy, estão disponíveis aqui.

 

Atenciosamente,

Raquel

 

Achou esse conteúdo interessante? Curta ou comente! Adoraremos saber a sua opinião!

 

/
Be the first to leave a comment
You must be Logged on to comment or reply to a post.