Skip to Content
Product Information

ACR Brazil Option (TDF): Usando HDI em diferentes plataformas

Olá pessoal,

Em continuação ao blog post ACR Brazil Option (TDF): A evolução do produto com HANA Deployment Infrastructure (HDI), vamos explicar como o HDI é utilizado pelos produtos ACR Brazil Option (TDF) e SAP S/4HANA.

SAP S/4HANA

No S/4HANA, nos referimos a reporting para Brasil como S/4HANA ACR Brazil Option.

A funcionalidade está disponível nas edições On Premise e Cloud do S/4HANA. Para mais informações, consulte o blog post TDF irá morrer? O que é o ACR?.

Continue lendo para encontrar mais informações sobre as diferentes soluções.

SAP S/4HANA Cloud (S/4HANA CE)

Na versão Cloud do S/4HANA ACR Brazil Option, não se usa mais o HANA Repository. Todas as views do repositório foram migradas para o HDI, fazendo com que não haja mais o uso de views externas e que o consumo das informações ao gerar relatórios dentro do S/4HANA ACR Brazil Option seja diferente.

Devido a arquitetura da edição Cloud do S/4HANA ACR Brazil Option, a possibilidade de estender desenvolvimentos providos é limitada.

SAP S/4HANA On Premise (S/4HANA OP)

Na versão On Premise do S/4HANA ACR Brazil Option, o HANA Repository também está obsoleto, fazendo com que as views do repositório HANA e as views externas não sejam mais utilizadas. Porém, na nova release será habilitada a possibilidade de estender os desenvolvimentos do S/4HANA ACR Brazil Option e alterar o comportamento dos relatórios a partir do IMG.

Para tanto, veja as parametrizações disponíveis no IMG abaixo de Financial Accounting -> Periodic Processing -> Report -> Statutory Reporting: Brazil. Você encontrará as parametrizações conforme a imagem abaixo:

Fique ligado que mais informações sobre como estender e consumir views a partir do HDI serão divulgadas em um próximo blog post.

Add-On

Na versão Add-On, conhecida como SAP Tax Declaration Framework for Brazil (TDF) e renomeada para ACR Brazil Option, as views serão migradas para o HDI, fazendo com que você tenha que validar e preparar desenvolvimentos específicos para suportar tal migração.

Vale ressaltar que o consumo do repositório HANA ainda será possível durante as versões SP13 e SP14 do Add-On, mas este consumo está com os dias contados. Veja o roadmap das funcionalidades do Add-On abaixo para mais detalhes.

O que há de comum nas versões Add-On e S/4HANA OP

Para ambas as versões Add-On e S/4HANA OP, já é possível consumir views do HDI.

Para consumir essas informações no ABAP, você pode utilizar o ABAP Database Connectivity (ADBC) ou o ABAP Managed Database Procedures (AMDP), seguindo as recomendações do uso de cada um a partir da SAP Note 2493223 e do ABAP for SAP HANA Development User Guide.

Para mais informações sobre como integrar desenvolvimentos com ABAP via HTA for HDI, veja a seção Using HTA for HDI do guia citado acima no SAP Help Portal.

Roadmap das funcionalidades para a versão Add-On

A seguir, veja as datas para a migração completa do HANA Repository para o HDI na versão do Add-On:

  • SET/2018 (SP12): Suporte inicial ao HANA 2.0;
  • MAR/2019 (SP13): HANA 2.0 e NetWeaver 7.52 são fortemente recomendados;
  • SET/2019 (SP14): HANA 2.0 e NetWeaver 7.52 são fortemente recomendados para a instalação do SP14; TDF habilita o HDI para parceiros/clientes começarem a migração;
  • SET/2020: HANA 2.0 e NetWeaver 7.52 são pré-requisitos para a instalação do SP15; Fim da manutenção para HANA Repository;
  • SET/2021: Remoção das views do HANA Repository;

Importante: Se você tem a versão Add-On, até setembro de 2020 não haverá nenhuma mudança. No entanto, será preciso abandonar o uso do HANA repository a partir de setembro de 2021.

 

Gostaríamos muito de saber o seu feedback. Deixe seu comentário abaixo caso tenha alguma dúvida ou sugestão para um próximo post. E não esqueça de seguir a tag SAP Tax Declaration Framework for Brazil aqui na SAP Community para ficar ligado nas últimas notícias sobre o ACR Brazil Option / Tax Declaration Framework (TDF).

O TDF agora chama-se ACR Brazil Option, saiba mais.

 

Mais informações:

 

Até a próxima,

Ailane Kuhn

Time de desenvolvimento do TDF

5 Comments
You must be Logged on to comment or reply to a post.