Skip to Content

Olá pessoal,

Ao gerar os eventos de empregado ou de folha para um grande número de empregados, você já ficou com os empregados bloqueados durante o processamento dos reports? Só ao final do processamento dos reports, os registros e dados desses empregados estão disponíveis e desbloqueados novamente.

Tendo este cenário em mente, entregamos a SAP Note 2629736. Ela traz uma funcionalidade que permite o processamento de grupos menores de empregados, para deixar seus registros e dados bloqueados por menos tempo. A funcionalidade se baseia nas seguintes configurações da visão Atualizar parâmetros configuração do sistema para o eSocial (V_T7BREFD_CONFIG):

  • AT_EFD_CPF_LOCK: número máximo de CPFs bloqueados simultaneamente
  • AT_EFD_PER_LOCK: número máximo de empregados (números de pessoal) bloqueados simultaneamente

Customize esses valores antes de gerar os eventos, e considere que eles são válidos para toda a empresa – ou seja, o campo Empresa da entrada correspondente deve estar sem nenhum valor. Os reports geradores de eventos leem a customização desta maneira:

  • eSocial: Gerador de eventos do empregado/não-periódicos (RPC_PAYBR_EFD_EE_GENERATOR): o report processa grupos de empregados.
  • eSocial: Gerador de eventos de folha/periódicos (RPC_PAYBR_EFD_PAY_GENERATOR): o report processa grupos de CPFs.

Mas atenção: a funcionalidade não processa os grupos de empregados e CPFs de forma paralela. Ou seja, não há paralelismo automático de jobs na geração dos eventos de empregado e folha. Vejamos um exemplo:

  1. Você customiza o número de bloqueio como 25 na visão V_T7BREFD_CONFIG.
  2. Você dispara a geração de eventos para uma empresa que possui 5000 empregados

    Resultado: o report processará os 5000 funcionários de forma sequencial, bloqueando-os de 25 em 25.

Se quiser trabalhar com jobs paralelos, recomendamos que você os crie usando os filtros adequados para suas necessidades, como empresa, filial, área e subárea de RH. Esses filtros também consideram as customizações feitas na visão V_T7BREFD_CONFIG.

Destacamos ainda que o foco desta funcionalidade é na geração dos eventos, não no envio. O report eSocial: Envio de eventos (RPU_PAYBR_EFD_SCHEDULER) já faz as quebras da informação processada para gerenciar os bloqueios.

Gostou desse post? Dê um Like e compartilhe o conteúdo com seus colegas.

Fique à vontade para deixar um feedback, comentário ou pergunta no espaço abaixo. E não esqueça de seguir a tag HCM Payroll Brazil na SAP Community para ficar ligado nas últimas notícias sobre o eSocial.

Um abraço,

Alice

—-

Hi everyone,

When generating the employee or payroll events for a large number of employees, have you noticed the employees were blocked during the report execution? Only at the end of the processing of the reports, the records and data of these employees are available and unlocked again.

Having this scenario in mind, we have delivered SAP Note 2629736. It allows the processing of smaller groups of employees, so that records and data are locked for less time. The functionality is based on the following settings of the V_T7BREFD_CONFIG view:

  • AT_EFD_CPF_LOCK: maximum number of CPFs locked simultaneously
  • AT_EFD_PER_LOCK: maximum number of employees (personnel numbers) locked simultaneously

Customize these values before generating the events, and note that they are valid for the entire company – that is, the Company code field for the corresponding entry should have no value. The reports that generate events read the customizing as follows:

  • RPC_PAYBR_EFD_EE_GENERATOR: the report processes employee groups.
  • RPC_PAYBR_EFD_PAY_GENERATOR: the report processes CPF groups.

But note that the functionality does not process the employee and CPF groups in parallel. This means that there is no automatic job parallelism in the generation of employee and payroll events. So, let’s look at an example:

  1. You customize the lock number as 25 in the V_T7BREFD_CONFIG view.
  2. You trigger the generation of events for a company that has 5000 employees.

    Result: The report processes the 5000 employees sequentially, locking 25 employees at a time.

If you want to work with parallel jobs, we recommend that you create them by using the appropriate filters for your needs, such as company code, branch, and personnel area and subarea. These filters also take into account the customizations made in the V_T7BREFD_CONFIG view.

We also highlight that the focus of this functionality is in the generation of events, not in the sending of events. The RPU_PAYBR_EFD_SCHEDULER report already breaks the processed information to manage the locks.

Did you enjoy this post? Choose “Like” and share the content with your colleagues.

Feel free to leave your feedback, comment or question in the space provided below. And don’t forget to follow the tag HCM Payroll Brazil in SAP Community to stay tuned on eSocial latest news.

All the best,

Alice

To report this post you need to login first.

Be the first to leave a comment

You must be Logged on to comment or reply to a post.

Leave a Reply