Skip to Content

 

Olá pessoal,

Criamos a tabela shadow /TMF/D_CONTA_AGL para o controle das Contas de Aglutinação, que foi liberada via SAP Note 2422837. A partir dela, é possível configurar quais contas de aglutinação serão utilizadas para uma determinada conta, juntamente com sua segregação por centro de custos ou centro de lucros.

A identificação de quais contas serão aglutinadas na Tabela Shadow , depende das seguintes informações:

  • Empresa: o código da empresa que está sendo configurado a aglutinação;
  • Estrutura de Balanço: o código de estrutura de balanço utilizado para gerar o plano de contas;
  • Código da Conta: o código da conta que é aglutinada;
  • Código da Aglutinação: o código de aglutinação que será utilizado; neste caso, pode ser um código já reportado por padrão na HANA View de Aglutinação, para os casos onde seja necessário sobrescrever as informações padrões. O outro caso é onde novas aglutinações serão necessárias, ficando a cargo de quem está configurando decidir quais são os códigos de aglutinação.
  • Código do Centro de Custo: o código de centro de custo, ou do centro de lucro, quando o plano de contas é segregado por um ou mais centro de custo/lucro. Nos casos onde não há segregação, este campo deve ficar vazio.

Além das informações citadas acima, há também algumas informações adicionais que podem ser informadas:

  • Nível de Aglutinação: o número que representa o nível que o código de aglutinação é apresentado;
  • Código de Natureza da Aglutinação: o código de natureza do código de aglutinação;
  • Descrição da Conta de Aglutinação: a descrição do código de aglutinação mencionado na tabela.

As informações configuradas nesta tabela Shadow serão automaticamente replicadas nos seguintes registros do SPED ECD:

  • Registro I052: Cada dupla de código da aglutinação e o código do centro de custo informados para um código de conta será informado neste registro;
  • Registros J100, J150 e J210: A tabela irá agir sumarizando, por código de aglutinação, os valores informados nas contas e centros de custos com detalhes dos saldos periódicos.

Em caso de dúvida, deixe um comentário abaixo.

Juliano Bellini,

Time de desenvolvimento do TDF

To report this post you need to login first.

Be the first to leave a comment

You must be Logged on to comment or reply to a post.

Leave a Reply