Skip to Content

A grande diferença deste cenário é caso você sabe ou não o custo de frete na hora de criar a ordem de compra.

Se você já sabe quanto o frete irá custar você pode fazer o cenário de frete planejado e caso não saiba vai ter que postar este custo como um débito posterior.

Vamos ver cada cenário com mais detalhes.

_______________________________________________________________________

O cenário de frete planejado ocorre da seguinte forma:

ME21N – Criação da ordem de compra.

  • Nesse momento é incluso a condição de frete na aba de condições da PO i.e FRB1.

MIGO – Entrada do material normalmente.

  • O custo do frete não aparece na MIGO.

MIRO – Fatura normal com custo planejado

  • Nesse momento você escolhe a opção de material + custo planejado na MIRO.

  • O sistema nesse momento traz o valor de frete que consta na condição de frete da PO.
  • Nesse cenário o valor de imposto que vai ser cobrado sobre o frete deve ser definido na J1BTAX, exceção dinâmica J_1BTXIC1, na coluna ‘ICMS on Freight’.
  • O frete aparece na NF no campo frete e é importante lembrar que se houver imposto sobre o material vai haver imposto sobre o frete. Então é preciso colocar o valor do frete na PO já levando esse ponto em consideração.

_______________________________________________________________________

O cenário de frete não planejado ocorre da seguinte forma:

ME21N – Criação da ordem de compra.

MIGO – Entrada do material normalmente.

MIRO – Fatura normal

MIRO – Débito subsequente

  • Nesse momento você vai postar o custo de frete.
  • No campo de referência você entra o número de NF do seu frete.
  • Na aba de detalhe no campo “header text” você pode entrar o número de referência da NF de material.
  • Para este documento você vai usar um tipo de Nota Fiscal específico para frete, modelo diferente do modelo 57 que é exclusivo para o cenário de CTe.

_______________________________________________________________________

Maiores informações cheque nossa WIKI:

FRETE PLANEJADO – https://wiki.scn.sap.com/wiki/x/doY_E

FRETE NÃO PLANEJADO – https://wiki.scn.sap.com/wiki/x/doY_E

Abs,

Patricia

 

To report this post you need to login first.

7 Comments

You must be Logged on to comment or reply to a post.

  1. Ednilson Aguiar

    Boa tarde Patrícia,

    Ví seu post sobre frete planejado e pedido de compra, seria possível vincular uma Ordem de Venda no Brasil a um Pedido de Compra de uma empresa Intercompany fora do Brasil ?, gerando desta forma uma OV com referencia ?

    obrigado

    Ednilson

     

    (0) 
  2. Denis Vieira da Silva

    Ola, Patricia
    Boa tarde..

    li seu post e achei muito bom, mas teria uma pergunta no caso de não inserir a condição FRB1, e fazer todo o processo pelo LE-TRA, utilizando o processo de recebimento, como faríamos para  entrar como debito posterior automático no pedido? isso é possível, ou teria que criar um procedimento Z?

     

    att

    Denis

    (0) 
    1. Patricia Eidelwein Post author

      Olá Denis,

       

      O cenário de frete não planejado, você não precisa da condição FRB1 na PO.

      E também existe a solução de CTe, porém nesse cenário você precisa da condição CONH. Nesse link há um overview de um cenário básico de CTe que você poderiam utilizar:  https://wiki.scn.sap.com/wiki/x/rp59Gg

      Mas quando você fala ” débito posterior automático” não tenho certeza se isso atende.

      Todos esse processos seriam feitos manualmente via MIRO.

      Abs,

      Patricia

       

      (0) 
  3. Andreia de Souza

    Olá Patricia,

     

    Obrigada por compartilhar, mas tenho uma pergunta:

    Temos aqui o segundo cenário, frete não planejado. Não emitimos CTe, apenas recebemos.

    É possível fazer a anulação desse frete através da Miro? ou somente customizando a solução?

    Se alguém possuir este cenário e puder compartilhar, agradeço.

     

    Grata

    Andreia

    (0) 

Leave a Reply