Olá pessoal,

Hoje vamos falar sobre as funcionalidades adicionadas ao bloco K do relatório SPED EFD ICMS/IPI, a partir do Ato Cotepe 07 de 13 de maio de 2016.
A partir do SP08 do TDF, além do suporte por Tabelas Shadow, os seguintes registros serão suportados com base nos dados originados no ERP:

  • 0210
  • K230
  • K235
  • K260
  • K265
  • K270
  • K275
  • K280

Quanto ao suporte via Tabelas Shadow: as tabelas necessárias para cada registro podem ser consultadas através da transação /TMF/CTR_TECH_INFO.
Você pode consultar a lista completa de registros suportados pelo TDF na SAP Note 2248350.

Abaixo você encontrará mais detalhes sobre cada um dos registros referidos acima.

Registro 0210

O registro 0210 será gerado quando houver uma produção no registro K230 ou no registro K250, sendo que esses registros foram modificados para reportar somente  códigos de item que estão no registro 0200 classificados como tipo de produto acabado ou em processo.

Por padrão, o registro 0210 é gerado a partir da BoM (Bill of Material / Lista Técnica). Recomenda-se criar uma lista técnica alternativa no ERP exclusiva para reportar esse registro do SPED. Após a criação dessa lista, você deve configurá-la como a lista que será utilizada para o processamento deste registro, dentro do TDF. Esta configuração é feita via IMG.

Você encontra mais informações na Customizing: Define Alternative Bill of Material em SAP Customizing Implementation Guide -> Accounting -> Reporting -> SPED EFD ICMS/IPI -> Control of Production and Stock -> Define Alternative Bill of Material. Caso seja necessário modificar um consumo específico, recomenda-se criar uma nova lista técnica alternativa e reconfigurar a parametrização no IMG. Não havendo a configuração, o sistema utilizará a lista técnica alternativa 01.

Uma segunda alterativa é reportar o registro 0210 somente via Tabela Shadow do TDF (/TMF/D_CONS_ESPC).

Registros K230 e K235

Os registros K230 e K235 foram modificados para considerar a configuração do Tipo de Ordem.

Você pode encontrar mais informações na Customizing: Define Production Order Type em SAP Customizing Implementation Guide -> Accounting -> Reporting -> SPED EFD ICMS/IPI -> Control of Production and Stock -> Define Production Order Type.

Essa configuração foi criada para diferenciar os Tipos de Ordem de desmontagem e reprocessamento, para que eles não sejam reportados nestes registros, conforme a imagem a seguir:

Você também pode reportar estes registros utilizando tabelas Shadows. Insira dados na tabela /TMF/D_IT_PROD para reportar dados no registro K230; e insira dados na tabela /TMF/D_INCONS para reportar dados no registro K235.

Registros K260 e K265

Os registros K260 e K265 serão identificados a partir do preenchimento do campo Tipo Ordem e da configuração da customizing citada acima, conforme o seu tipo de ordem de produção (Reprocessamento).

Alternativamente, você pode reportar dados nos registros K260 e K265 via tabela Shadow (/TMF/D_REPR_MAT).

Registros K270 e K275

No registro K270 serão reportadas as correções de apontamentos feitas nos registros K220, K230, K250 e K260, em um período anterior ao período reportado.

Para correções do registro K220, serão considerados os estornos feitos nos períodos posteriores aos lançamentos. Desta forma, será gerado um K270 para o Código de Item de Origem do K220 e um K275 para o Código de Item de Destino do registro K220.

Para as correções dos registros K230, K235, K260 e K265, serão considerados os estornos feitos nos períodos posteriores aos lançamentos e ainda serão considerados os lançamentos feitos após o período de fechamento da Ordem de Produção. Para esses registros, é importante mencionar que a Ordem de Produção deve estar fechada no ERP.

Para as correções dos registros K250 e K255, serão considerados apenas os estornos, pois como é uma produção efetuada por terceiros, ela não gera Ordem de Produção.

Você também poderá reportar correções nos registros K270 e K275, não relacionadas as correções de apontamento feitas pelo ERP, utilizando a tabela Shadow /TMF/D_CORR_APO.

Registro K280

As informações reportadas no registro K280 são geradas a partir das informações reportadas nos registros K270 e K275. Serão sumarizadas todas as movimentações de um determinado Item, e reportadas no mês em que o lançamento do item (na Ordem de Produção ou Movimentação de Estoque) ocorreu.

Um ponto que diverge do Guia Prático é a correção do estoque. A correção do estoque poderá influenciar estoques escriturados de períodos posteriores, até o período imediatamente anterior ao período de apuração.

Atualmente, a solução reporta apenas a correção no estoque escriturado do período que foi ocorrido. Vejamos o exemplo a seguir: no mês de maio foi lançado uma correção de estoque relativa ao mês de fevereiro. O sistema incluirá somente a correção do estoque no mês de fevereiro, mas não incluirá correções para março e abril.

A tabela Shadow /TMF/D_CORR_INV também serve para reportar correções de apontamento em inventário no registro K280.

Em caso de dúvidas ou sugestões, entrem em contato.
Até a próxima!
Time de desenvolvimento do TDF

To report this post you need to login first.

3 Comments

You must be Logged on to comment or reply to a post.

  1. Eduardo Kyono

    Apenas complementando: para o registro K210 neste momento ainda não está sendo alimentado o dado no registro, mas se o usuário colocar o tipo de ordem de desmontagem na tabela /TMF/D_TIPOORDEM que foi liberada junto com a sapnote [TDF SP07] Note 051: EFD – Block K related deliveries

    (0) 
  2. valter fernandes

    Boa Tarde, No guia prático versão 2.0.19 de 05/05/2016 diz que o registro K280 refere-se a correção do estoque escriturado a partir do K200. No texto acima diz que é a partir das informações reportadas nos registros K270 e K275.

    Fiquei na dúvida se devo gerar o registro K280 uma vez que minha empresa não adotará a emissão dos registros k270 e K275,

    Outra dúvida, o tipo de produção de minha empresa é Produção Repetitiva; algo em especial para este tipo de produção ? Abs Valter

    (0) 
    1. Juliano Bellini Post author

      Olá Valter,

      A forma que o SPED EFD ICMS/IPI reporta correções no bloco K, em períodos anteriores, é a partir dos registros K270 e K275. Essas correções precisam ser refletidas no estoque escriturado do mês que houve correções, então devemos gerar o K280, que refere-se a correções no K200 (Estoque Escriturado) de períodos anteriores.
      Acredito que a adoção não é algo opcional, pois é a maneira correta de reportar as correções no bloco K.

      Quanto a Produção Repetitiva não suportamos por standard, uma alternativa é reportar essas produções via Tabelas Shadow.

      Att,
      Juliano Bellini

      (0) 

Leave a Reply