Skip to Content

Olá pessoal,

Neste post, falaremos sobre a transação Trace Log (/TMF/TRACE_LOG) que foi disponibilizada pelo TDF a partir do Support Package 06 e que serve para armazenar dados de execuções de relatórios do SPED.

Essa ferramenta pode ser utilizada para analisar a fundo informações como: nome das views consumidas durante a execução, quantas linhas uma determinada view gerou e quanto tempo cada view levou durante a execução.

 

O que a ferramenta fornece:

Após a execução da transação, a ferramenta retorna alguns dados úteis para analisarmos, que são:

  • Nome das views de registros que foram consumidas na execução do SPED;
  • Número de linhas que uma view de registro gerou;
  • O tempo que cada view de registro levou durante a execução;
  • Parâmetros de tela e seus preenchimentos;
  • Usuário e data da execução;
  • Tempo total de execução do SPED;
  • O tempo gasto para ordenar os registros no arquivo
  • Local em que esse arquivo foi armazenado, o seu tamanho e o número de linhas gerado;
  • As seleções que foram geradas e utilizadas durante a execução;
  • As classes que foram utilizadas para consumir as views externas;
  • Destaca se os desenvolvimentos consumidos são standard ou de clientes/parceiros;

Para utilizar o Trace Log:

Para utilizar essa ferramenta, edite os dados da tabela e altere o campo Log Level para os relatórios do SPED conforme a sua necessidade. Você encontrará:

  • Detailed Information: Armazena todas as informações da execução do SPED, citadas na sessão anterior.
  • Parameter and Registers Information: Armazena apenas os parâmetros utilizados na execução do SPED e o tempo de execução de cada registro.

Para fazer as modificações acima, acesse a transação SPRO -> SAP Customizing Implementation Guide -> Accounting -> Tax Declaration Framework for Brazil -> Reporting  -> Maintain Master Data of Legal Reports.

 

Utilizando o Trace Log:

Após a configuração e execução de uma transação de SPED, utilize a transação /TMF/TRACE_LOG e coloque os dados necessários na tela de seleção. É possível encontrar suas execuções tanto pelo RUN_ID* quanto por data e usuário.

 

Exemplo:
Imagine que você está executando um relatório do TDF para gerar um arquivo do SPED EFD ICMS/IPI. Para atender regras específicas, foram criadas algumas classes específicas para o registro 0200.

Mais informações sobre extensão do cliente em: http://help.sap.com/tdf_br_10 -> Configuration Guide -> English -> Customer Extension.

Antes de executar o relatório, deve-se verificar se a configuração para o relatório SPED EFD ICMS/IPI está correta.

PIC1.png

Após a execução do relatório SPED EFD ICMS/IPI com a classe criada e ativa, o Trace Log pode ser usado para verificar impactos dessa alteração.

Acessando a transação /TMF/TRACE_LOG e utilizando o RUN_ID* gerado na execução do relatório SPED EFD ICMS/IPI, podemos ver os dados armazenados sobre a execução, como nas ilustrações abaixo:

PIC2.png

PIC3.png

 

Nota-se que, além dos dados de execução, no registro 0200 do SPED EFD ICMS/IPI existe um desenvolvimento Z sendo utilizado. Essa informação é útil quando há um problema em um registro e é preciso verificar se algum desenvolvimento seu está afetando o comportamento normal entregue pelo TDF.

Também podemos verificar que o registro 0210 é o que consome mais tempo na execução do relatório SPED EFD ICMS/IPI, assim como os registros 0300 e 0305 foram os registros que mais geraram linhas.

Com esse resultado, é possível saber onde o arquivo (FILE_PATH) foi guardado para utilizá-lo de acordo com as suas necessidades.

 

*RUN_ID é um identificador da execução de um arquivo SPED, que pode ser visto no monitor de obrigações fiscais do TOM (Tax Obligation Monitor).

 

Você encontra mais informações sobre a transação /TMF/TRACE_LOG em: http://help.sap.com/tdf_br_10 -> Application Help -> English -> Reporting -> Tools -> View Report Execution Log.

Em caso de dúvidas e/ou sugestões, entre em contato.

Abraço,

Time de desenvolvimento do TDF

To report this post you need to login first.

6 Comments

You must be Logged on to comment or reply to a post.

Leave a Reply