Skip to Content

Nós da SAP University Alliances em parceria com SAP Mentors e com a INFNET, planejamos nos últimos meses a execução de um HACKATHON na cidade do RIO DE JANEIRO, prevíamos que 15 estudantes, de universidades distintas como Universidade Santa Úrsula, SENAC e INFNET, participariam de nosso evento.

Para esse evento, contamos, também, com um grande parceiro da SAP UA no RJ, VALE S.A, a empresa, nos forneceu a problemática que os nossos alunos teriam que desenvolver uma solução sobre o tema. Também, foi previamente planejado, a participação de profissionais da VALE para que pudesse julgar os melhores aplicativos e tecer suas opiniões sobre o evento.

Não podemos nos esquecer dos apoiadores internos da SAP que trabalharam para que funcionasse o evento. Tobias Hofmann, Marlo, Alex Belle, Ana Khouri e Victor Farias, trabalharam intensamente para que tivéssemos tudo pronto para o evento.

Para o nosso primeiro Hack no RJ, escolhemos a INFNET, ampla parceria do SAP UA no Rio de Janeiro que vem fomentando conteúdos, encontros e demais situações que propague o nome SAP e SAP University Alliances.

No primeiro dia, os alunos foram colocados em uma série de workshops para que pudessem entender diversos tecnologias para apresentação da SAP, como SAP HANA Cloud Platform e SAP BUILD e demais outras tecnologias inovadoras.

Tobias e o Marlo, pode mostrar para os alunos de quais maneiras eles poderiam desenvolver uma solução, com metodologia Design Thinking, (é o conjunto de métodos e processos para abordar problemas) o DT foi importante para que os alunos entendesse de fato a problemática e começasse a trabalhar nela. neste momento do evento, os alunos não tinha esse conhecimento e com esse workshop os alunos puderam entender e dessa maneira então, canalizar suas ideias.

Com Workshops aplicados, partimos para definir qual seria a problemática que os alunos desenvolveriam suas ideias, tínhamos duas opções sugeridas pela VALE, telemetria e gestão de combustíveis.

Os alunos ficaram à vontade para escolher aquele que identificava melhor com o seu tipo de grupo. Sendo assim o grupo 1 ficou com a problemática de gestão de combustíveis e o grupo 2 e 3 ficou com a telemetria.

Os alunos tiveram um tempo para relaxar e comer, após isso.

Retornamos aos trabalhos com a mão na massa, os alunos estavam empolgados à começar desenvolver suas ideias, questionamos os mesmo para entender o que eles tinha achado das apresentações e o que eles queriam fazer recebemos a seguinte resposta da aluna da universidade da USU

– Estamos muito empolgados! As apresentações foram boas, estamos cheios de ideias e estamos ansiosos para começar à trabalhar

Os alunos, então, colocaram a mão na massa e começaram os trabalhos, para que tudo esteja em perfeito estado para nossa Jurada!!

No dia seguinte, começamos bem cedo! Às 08:00 estávamos já na universidade esperando os estudantes para que dessem continuidade ao trabalho que, previamente, já começava a ser desenvolvido na noite superior.

Os alunos, já tinham à sua espera um coffee para que pudessem se alimentar caso tivesse fome.

Eles então começaram a intensificar os trabalhos, sempre dividindo os trabalhos entre eles. Os grupos eram homogêneos e puderam trabalhar de maneira ordenada.

Fizeram os trabalhos até às 12:00 quando liberamos todos para almoçar, mas muitos integrantes dos grupos não quis ir almoçar para poder entregar dentro do prazo estipulado pelo time organizador.

O prazo determinado era que os alunos tivessem tudo pronto até às 17:00 que foi horário que a representante da VALE, Stella, chegou para poder acompanhar as apresentações.

Conforme ia passando o horário os alunos iam trabalhando na apresentação final, nesse período, nossos coaches ajudavam os alunos, caso tivesse dúvidas, pudessem ser sanada e assim ter uma apresentação boa e consistente.

Após todo o processo de desenvolvimento das ideias, os alunos puderam falar um pouco sobre como é participar de um evento desse tipo da SAP.

Rafael Ferreira disse: “ o evento é muito produtivo com SAP dando a oportunidade de ter uma ampla visão sobre o mundo de tecnologia. Quando começamos aprender esses processos começamos enxergar não mais como um usuário, mas como poderia ser feito melhor, tentar mudar passando conhecimento, acho que isso tudo é muito importante. ”

O Professor Emiliano da INFNET também comentou um pouco sobre como ele vê esse tipo de evento proposto por nossa companhia

Emiliano disse “ Estou muito feliz em receber esse evento da SAP aqui em nossa universidade. É muito interessante os alunos terem contato com esse case reais. Em uma situação de projeto os alunos teriam essa pressão normal, me alegra em estar vendo essa união, esse debate e muito feliz com a parceria da VALE e da SAP nesse evento”

Como queríamos ter todos os lados do evento, o nosso coaches e um dos líderes do evento, Tobias Hofmann também comentou sobre o evento

Tobias Hofmann disse: “ Sobre o evento, eu achei muito legal! Finalmente, junto com University Alliances, fizemos um Hackathon aqui no Rio de Janeiro. Deu para ver que os estudantes estavam bem motivados, eles participaram de todos os dias propostos pelo o evento, (17, 24 e 25 de Junho) conseguimos também a participação de um cliente, nesse caso é a VALE para dar o desafio e também para participar como juízes, assistindo as apresentações dos estudantes. Deu para ver que nossas tecnologias como: HCP, IoT, Build, etc. Os estudantes gostaram e é nisso que temos que investir um pouco mais de tempo para ver se esse conhecimento da SAP está sendo absorvido pelo mercado e que mais pessoa sabem disse e que possam usar nossas tecnologias cada vez mais. ”

Com esses comentários, pudemos ver que o evento foi algo novo para as unis do Rio e de extremo valor para os alunos, uma vez que quase nenhum aluno tinha conhecimento em HCP e após o evento os mesmos saíram com um conhecimento nas ferramentas prometendo se aprofundar ainda mais. E é isso que buscamos quando fazemos um evento dessa magnitude.

Ao final da preparação do evento, começamos a preparar os alunos para a última e decisiva fase, a apresentação para os jurados. O júri era composto por três pessoas que não acompanharam os projetos.

Os jurados foram: Emiliano, Professor da Infnet e da Universidade Santa Úrsula, Jean Amadei SAP Head de Inovação Latin América e a representante da Vale, Stella Michirefe Gerente de arquitetura de TI. Eles foram responsáveis por julgar os alunos.

O USU/SENAC/SENAI, pensou em uma solução para prevenção de custos, instalando sensores nas mais variadas partes dos caminhões para monitorar. O principal objetivo desse grupo era fazer com que houvesse manutenção preventiva e optimização dos recursos usados pela VALE fazendo com que houvesse menos despesas com sua frota.

O FOCUS (INFNET), trouxe um conceito um pouco diferente, a solução deles foi criar um aplicativo para que monitorasse a rota e os principais fatores vitais do caminhão, dessa maneira os tomadores de decisão tinham dados avançado sobre a condição do caminhão e do seu motorista além de autorização automatizada para o abastecimento dos caminhões com controle de quilometragem e o tanto de combustível gasto.

O USU, trouxe sua solução para monitorar todo o trajeto dos caminhões da Vale, com atenção redobrada nas rotas para que não houvesse desvio de caminho pré-determinado e desvios de recursos como gasolina, materiais Etc.

Realizada as apresentações, os alunos ficaram aguardando as notas dos jurados. Após alguns minutos, os juízes retornaram e com suas notas deixaram os times na seguinte ordem:

  1. Focus (INFNET)
  2. USU
  3. USU/SENAC/SENAI

O Grupo Focus ficou muito feliz com a vitória, mas todos saíram vencedores desse evento. Não é fácil em apenas 14 horas entender a problemática e propor uma solução extremamente estruturada e perfeita.

A Stella da VALE, durante a parte final, comentou sobre:

“Essa questão de apresentação, de vocês exercitarem a apresentação, é muito importante para todo mundo, é uma coisa que eu recomendo. Na vida da gente e em qualquer coisa que vocês forem apresentar é importante conseguir vender a solução de uma forma simples e fácil é uma das coisas mais importantes, sei que você tem uma certa timidez, mas é o momento para praticar isso. “

Jean Amadei Head de inovação da SAP acrescentou

“Gostaria de parabenizar os grupos e reforçar a mensagem que já foi passada na questão da apresentação, você normalmente não terá duas oportunidades para deixar uma boa impressão você tem que ser claro e objetivo, gostei do fato do time organizador delimitar um tempo para cada apresentação (10 minutos). Gostei muito das ideias das pesquisas que foram feitas até um entendimento real do problema. “

DSC_0177.JPG

To report this post you need to login first.

Be the first to leave a comment

You must be Logged on to comment or reply to a post.

Leave a Reply