Faz quase dois anos desde que comecei a me envolver com o mundo SAP.

Desde o anúncio na empresa de que implantaríamos a solução, os treinamentos, academia ABAP, certificação, limbo de quase um ano trabalhando no sistema legado ( 😡 ) e finalmente a participação no projeto como desenvolvedor ABAP, vez ou outra, me deparava com artigos ou alguém falando em Fiori.

No curso de HANA já havia visto telas de Fiori e fiquei impressionado, mas não me aprofundei.

Recentemente começamos um projeto em Fiori, com um desenvolvedor senior (não eu, obviamente) e dois desenvolvedores junior. Os dois junior foram incumbidos de desenvolver o backend da solução, criando funções RFC’s em ABAP. O desenvolvedor senior ficou encarregado de desenvolver o frontend, em SAPUI5.

Foi a primeira vez que vi como realmente funciona, e fiquei bastante empolgado para aprender. Obviamente isto envolve uma série de competências e não é fácil absorver o conhecimento necessário de cima do ombro do desenvolvedor senior.

Fiz alguns tutoriais, e até fiquei satisfeito com o resultado, mas precisava de mais. Foi quando o desenvolvedor trouxe o convite para participar de um CodeJam (meu primeiro) onde daria o caminho das pedras sobre iniciar um desenvolvimento em SAPUI5.

Foi o SCN Meetup Porto Alegre 2015, realizado na Fontoura Education (familiar para mim, por intermédio da academia ABAP).

A experiência foi incrivel! Várias dúvidas que carregava comigo dos tutoriais que havia feito foram sanadas com muita propriedade pelo instrutor, Maurício Lauffer. Conheci várias pessoas que já estão nessa caminhada a algum tempo, e querem embarcar nesse mundo SAPUI5 e talvez não sabiam por onde começar.

Ficou o aprendizado e o caminho para participar de outros eventos porvir.

Sem título.jpg

   Eu, extremamente atento 🙂 (foto do twitter do Eduardo Chagas @edunchagas)

To report this post you need to login first.

Be the first to leave a comment

You must be Logged on to comment or reply to a post.

Leave a Reply