A partir do SAP Enhancement Package 7 for SAP ERP 6.0, o MRP foi completamente redesenhado para tirar vantagem da arquitetura baseada no SAP HANA.

Uma nova transação foi criada para a execução do MRP onde um novo modo de planejamento, chamado MRP Live, é executado. O MRP live é totalmente executado em HANA e por isso pode ser muito mais rápido que o MRP executado em ABAP nas transações tradicionais (classic MRP).

Como o MRP Live foi criado a partir do zero, alguns materiais que usam configurações muito específicas não podem ser planejados no HANA. Neste caso, o sistema automaticamente planeja o material usando a lógica antiga (ABAP), porém, não conseguimos um ganho de performance tão alto.

Uma lista completa dos cenários que não são suportados está disponível na nota 1914010. Também podemos encontrar mais informações no SAP Help, no link MRP Live: Incompatible Changes – Carrying Out the Planning Run Using MRP Live – SAP Library.

Vale lembrar que o MRP Live ainda está sendo aprimorado e que, a cada support package, novos cenários de planejamento são adicionados.


Como saber se o meu sistema está preparado para o MRP Live?

A nota 2023766 traz uma explicação detalhada de como podemos otimizar a performance no MRP on HANA. De acordo com esta nota, quanto mais materiais conseguirmos planejar usando o MRP Live, maior será o ganho de performance. A ideia é evitar cenários que não são suportados no MRP Live para garantir que vamos ter a melhor performance possível.


No entanto, validar cada um dos materiais para saber se utiliza alguma configuração que não é suportada é uma tarefa enorme e que pode demorar muito tempo em um sistema produtivo.


Por esta razão, a SAP criou o report PPH_CHECK_MRP_ON_HANA, que determina quantos e quais materiais podem ser planejados com o MRP Live. Este report está disponível na nota 1975704 e pode ser implementado até mesmo em releases mais antigas e sistemas que não estão utilizando HANA. Isso é muito útil, pois podemos ter uma estimativa quando formos planejar um upgrade, antes mesmo de ter um sistema rodando EHP7 com HANA.


A interface do report é muito simples, com critérios de seleção para filtrar os materiais a serem analisados.

1.PNG

O parâmetro Visualização do Resultado é o mais importante. Utilizando a opção Resultado Comprimido, o sistema lista quantos materiais não ser planejados pelo MRP Live devido a cada restrição.

2.PNG

Com a opção Resultado Detalhado, o report vai listar cada um dos materiais selecionados, especificando porque não pode ser planejado pelo MRP Live.

3.PNG

Com os resultados desse report, é possível trabalhar para redefinir as configurações de materiais que não são suportados pelo MRP Live, antes mesmo do upgrade, a fim de obter um ganho maior de performance. Em alguns casos, não será possível remover a restrição, pois uma determinada configuração que não é suportada pelo MRP Live pode ser imprescindível para o negócio. Nesse caso, como já foi explicado anteriormente, o material continuará sendo planejado da mesma maneira pelo MRP, utilizando a lógica clássica, e a única desvantagem é que o ganho de performance não será tão grande.

To report this post you need to login first.

2 Comments

You must be Logged on to comment or reply to a post.

Leave a Reply