Skip to Content

IMG_2753.JPG

Olá… neste blog vou mostrar os passos para realizar as configurações básicas no SAP TM e no ERP para integração de dados mestres.

Alguns dados básicos do TM tem como origem as informações do ERP; são eles:

– Dado mestre de cliente

– Dado mestre de fornecedor

– Dado mestre de material

– Centro

– Local de expedição

A transferência desses dados é feita através do Core Interface (CIF). CIF é uma interface standard que foi criada para executar a interface entre o ERP e APO. Veja nos passos abaixo as configurações básicas no TM e no ERP para tal.

* pode acontecer de algum caminho do SPRO estar diferente do seu ambiente em função da versão.

Passo 1. Criar Sistemas lógicos – Ambiente do TM

Crie os sistemas lógicos para conexão RFC entre o SAP ERP e o SAP TM através da seguinte atividade no SPRO:

SAP Transportation Management / SCM Basis / Integration / Basic Settings for Creating the System Landscape / Name Logical Systems

* Essa é uma configuração cross client.

Defina um sistema lógico para o SAP ERP. O nome padrão convencional é <SID> CLNT<client no.>; por exemplo: QA1CLNT300.

Defina um sistema lógico para o SAP TM. O nome padrão convencional é <SID> CLNT<client no.>; por exemplo: QTMCLNT300.


Untitled.png

Passo 2. Atribuir Sistemas Lógicos – Ambiente do TM

Depois de criado os sistemas lógicos você precisa atribuir os mesmos a um client existente. Isso pode ser feito através da seguinte atividade no SPRO:

SAP Transportation Management / SCM Basis Integration / Basic Settings for Creating the System Landscape / Assign Logical Systems to a Client

* Essa é uma configuração cross client.

 

Untitled.png

Passo 3. Definindo Dados SLD do Sistema de Negócio – Ambiente do TM

Essas definições devem ser publicadas a partir do System Landscape Directory automaticamente. Verifique se os dados foram importados corretamente. Essa verificação pode ser feita no seguinte caminho no SPRO:

SAP Transportation Management / Transportation Management / Integration / Define SLD Data of Business Systems

Verifique se existe alguma entrada para o SAP TM caso contrário será preciso criar.

Untitled1.png

Passo 4. Manutenção do Grupo de Sistemas de Negócio – Ambiente do TM

Nesta etapa, você determina a atribuição do SAP ERP e do SAP TM a um grupo de sistemas de negócio. Fazendo isso você irá criar áreas com uma mesma convenção de nome para garantir a unicidade dos dados mestres e distribuição para os diferentes sistemas. Execute a seguinte atividade no SPRO:

SAP Transportation Management / SCM Basis / Integration / Basic Settings for Creating the System Landscape / Maintain Business System Group

Verifique se existe alguma entrada na tabela do Grupo de Sistemas de Negócio para o SAP ERP e o SAP TM e caso contrário criar uma usando o seguinte nome convencional <SID>CLNT<client number>. Caso sua empresa tenha dados mestres únicos e diferentes ERPs conectados, crie uma única referência para o ERP.


Untitled2.png

Passo 5. Atribuir Sistemas Lógicos a Tipos de Fila – Ambiente do TM

Você deve atribuir os seus sistemas lógicos e tipos de fila ao seu grupo de sistema de negócio. Isso pode ser feito através do seguinte caminho no SPRO:

SAP Transportation Management / SCM Basis / Integration / Basic Settings for Creating the System Landscape / Assign Logical System and Queue Type

* Se você tiver ativado o IS-CWM (Catch Weight Management) entre com o valor Catch Weight Management no campo Role.


Untitled3.png 

Passo 6. Ativar Filas – Ambiente do TM

Use a transação SMQR para registrar os tipos de filas CF*. Já que são usadas filas de entrada, é necessário somente registrar no Inbound Scheduler no sistema destino (SAP TM).

Untitled.png 

Passo 7. Criar Versões Ativas e Modelos – Ambiente do TM

Você deve atribuir objetos de dados mestres específicos para uma versão ativa e um modelo para fins de planejamento de transporte. É necessário atribuir: vias de transporte e locais. Para ativar execute a atividade abaixo no SPRO.

SAP Transportation Management / Transportation Management / Master Data  / Create Active Version and Model

Passo 8. Ativar funções de negócio – SAP TM – Ambiente do TM

É necessário ativar as seguintes funções de negócio:

/BCV/MAIN – FND, Business Context Viewer

/BCV/MAIN_1 – FND, Business Context Viewer 2

FND_SOA_REUSE_1 – Improvements for SOA Reuse Functions

FND_VISUAL_BUSINESS – Visual Business

SCM_EHS_DG_CI_1 – EH&S and DG Integration Services

SCM_SCMB_TM_FND1 – Foundation for External Transportation Management System

SCM_SCMB_TR_NETWORK – Enhanced Services for Transportation Network

SCM_SAPTM_SCMB_FND – SAP TM-Specific Enhancements in SCM Basis

Isso pode ser feito através da transação SFW5 ou através da seguinte atividade no SPRO:

Cross-Application Components / Processes and Tools for Enterprise Applications / Enterprise Services / General Settings for Enterprise Services / Enterprise Services and Business Functions / Activate Business Functions

Marque o campo Planned Status para cada uma das funções descritas acima e clique no botão ativar.

 

* A ativação dessas business functions deve ser feita pelo Basis.


Untitled.png

Passo 9. Ativar Erros e Manutenção de Conflitos – Ambiente do TM

É necessário você especificar como o sistema responde para erros e conflitos na operação do serviço, definindo quando um serviço deve ser executado novamente ou encerrado. Ative a função no seguinte caminho do SPRO.

Cross-Application Components / Processes and Tools for Enterprise Applications / Enterprise Services / Error and Conflict Handler / Activate Error and Conflict Handler

Untitled.png

Passo 10. Ativar Funções de Negócio – Ambiente do ERP

É necessário ativar as seguintes funções de negócio:

LOG_SCM_CUSTVEND_INT – Integração do SCM, clientes e fornecedores para o Parceiro de Negócio (BP).

Isso pode ser feito através da transação SFW5 ou através da seguinte atividade no SPRO:

Cross-Application Components / Processes and Tools for Enterprise Applications / Enterprise Services / General Settings for Enterprise Services / Enterprise Services and Business Functions / Activate Business Functions

Marque o campo Planned Status para cada uma das funções descritas acima e clique no botão ativar.

 

* A ativação dessas business functions deve ser feita pelo Basis.

Passo 11. Ativar Erros e Manutenção de Conflitos – Ambiente do ERP

É necessário você especificar como o sistema responde para erros e conflitos na operação do serviço, definindo quando um serviço deve ser executado novamente ou encerrado. Ative a função no seguinte caminho do SPRO.

Cross-Application Components / Processes and Tools for Enterprise Applications / Enterprise Services / Error and Conflict Handler / Activate Error and Conflict Handler

Untitled.png

 

Passo 12. Criar Versão do SAP TM – Ambiente do ERP

É necessário definir a versão do sistema APO de destino; neste caso o SAP TM. Crie a entrada no seguinte caminho do SPRO.

Integration with Other SAP Components / Advanced Planning and Optimization / Basic Settings for setting Up the System Landscape / Specify SAP APO Release

Untitled.png 

Passo 13. Configurar Sistema de Destino e Tipo de Fila – Ambiente do ERP

Esta atividade IMG permite configurar o sistema de destino definido anteriormente junto com a definição do destino RFC para a transferência.           

A transferência de dados mediante a Interface Principal APO será realizada via (qRFC) Remote Function Call em fila, ou seja, os dados serão gravados temporariamente em uma fila. O controle do processamento     

das filas provenientes do sistema emissor ou receptor depende do tipo de fila (fila de saída ou fila de entrada. Crie a entrada no seguinte caminho do SPRO.

Integration with Other SAP Components / Advanced Planning and Optimization / Basic Settings for setting Up the System Landscape / Set Target System and Queue Type

Untitled.png 

Passo 14. Ativar Transferência Online Via BTE – Ambiente do ERP

Ao ativar o Business Transaction Events (BTE) para o APO, o sistema passará a replicar as alterações do sistema ERP para o sistema destino. Para isso crie a entrada no seguinte caminho do SPRO. Para isso marque o flag Application Active para a aplicação ND-APO.

Integration with Other SAP Components / Advanced Planning and Optimization / Basic Settings for Data Transfer / Change Transfer for Transaction Data / Activate Online Transfer Using BTE

Untitled.png

Passo 15. Configurar Transferência de Alterações para Dados Mestres – Ambiente do ERP

Uma vez ativada a transferência de dados BTE você precisa definir que ela será imediata após uma alteração; para isso crie a entrada conforme a imagem abaixo através do seguinte caminho do SPRO.

Integration with Other SAP Components / Advanced Planning and Optimization / Basic Settings for Data Transfer / Change Transfer for Master Data / Configure Change Transfer for Master Data

Untitled.png 

Passo 16. Ativar o Indicador de Modificação ALE Para Tipo de Mensagens – Ambiente do ERP

Você precisa ativar os tipos de mensagens para controlar as alterações dos dados mestres. Ative os tipos de mensagens CIFCUS (clientes), CIFMAT (materiais) e CIFVEN (fornecedores) no seguinte caminho do SPRO:

Integration with Other SAP Components / Advanced Planning and Optimization / Basic Settings for Data Transfer / Change Transfer for Master Data / Activate ALE Changes Pointers for Message Types

Untitled.png

Passo 17. Registrar Exibição de Fila – Ambiente do ERP

Execute a transação SMQE para registrar o programa de exibição (na opção do menu processar) CIFQEV02.

Untitled.png

Veja também:

SAP Transportation Management – Transferindo Dados Mestres do ERP – Parte 2

SAP Transportation Management – Transferindo Dados Mestres do ERP – Parte 3

Abraço

Eduardo Chagas

 

To report this post you need to login first.

Be the first to leave a comment

You must be Logged on to comment or reply to a post.

Leave a Reply