Você já deve estar familiarizado com o conceito de condições no ERP onde você usa para determinar preço ou mensagens no sistema. O SAP Transportation Management amplia o uso de condições uma vez que essas fornecem grande flexibilidade para manter regras de negócio.  Dá pra dizer que você não irá sobreviver sem elas! rsrsrsrs

Condições podem ser usadas para diversos propósitos como:

  • Filtrar unidades de frete
  • Determinar regra de criação das unidades de frete (FUB rules)
  • Criar incompatibilidades
  • Determinar Organização de Vendas
  • Determinaras tabelas de tarifa de custo de transporte
  • Determinar contratos com regras de calculo de custos
  • Controle de alterações
  • Determinar os tipos de documentos de negócio…

Veja abaixo uma lista parcial dos tipos de condição que a SAP disponibiliza no standard. Você pode criar seus próprios tipos de condição.

Screen Shot 2015-08-05 at 10.54.34 AM.png

Vamos pegar como exemplo a determinação do tipo da OTR (necessidade de transporte baseada em ordem). A condição será processada na criação da OTR ao receber uma ordem do ERP. O tipo de condição usado para esse processo é /SCMTMS/OTR_TYPE. Você define os tipos de condição no customizing to TM no caminho SAP Transportation Management -> SAP Transportation Management -> Funções Básicas -> Condições -> Definir tipos de condição.

Screen Shot 2015-08-10 at 4.53.09 PM.png

Ao definir um tipo de condição você precisa determinar:

  • Se ela será única no sistema; marcando o flag “Only one condition allowed for this condition type”. Observe que para alguns tipos de condição não existe atividade de customizing onde você possa determinar qual tipo de condição será utilizado.
  • Qual tipo do dicionário de dados (DDIC Type) será retornado. Você pode retornar como saída um elemento ou estrutura. Caso retorne uma estrutura o flag correspondente deve estar marcado.
  • Caso esteja criando uma estrutura mais complexa você precisará definir por onde a condição inicia a busca de valores de entrada; entre com o objeto de negócio e o nó do objeto de negócio.

As condições são baseadas em conteúdo dos campos nos documentos de negócio. O sistema utiliza operadores standard (é igual, maior que, menor que, etc) para comparar valores de campos com as condições… se verdadeiro/falso no processo de tomada de decisão.

Os valores podem ser definidos em uma tabela de decisão. Usando a aba Definição de acesso aos dados, você define os critérios que você deseja para determinar diferentes parâmetros.

Screen Shot 2015-08-06 at 5.59.30 PM.png

ahhh já ia esquecendo de comentar, mas imagino que você tenha notado algo familiar… para processar essas regras/condições iremos utilizar o BRF+! Este está integrado as funcionalidades do TM reduzindo ainda mais a necessidade de codificação.

Criando e usando Condições

Abaixo o procedimento para criar e usar condições:

1. Primeiro, você define o tipo de condição e especifica a origem da condição

2. Dependendo da origem da condição, o sistema procede como segue:

  • Se a origem da condição estiver configurada para uma tabela de decisão do BRF+, o sistema irá criar a tabela automaticamente com base nas definições de acesso a dados definidas no customizing. Você pode agora processar sua tabela de decisão entrando os valores de entrada e saída específicos.
  • Se a origem da condição estiver configurada para expressão do BRF+, o sistema cria uma condição base para expressões.
  • Se a origem da condição estiver configurada para acesso direto ao objeto de negócio, o sistema adota os valores específicos.

Caso de Uso 1

Vamos dizer você precisa definir uma regra para criação da unidade de frete, quando o sistema se depara com produtos perigosos e não perigosos. Basicamente existem 3 coisas a considerar como segue:

  • A entrada
  • A decisão (baseada na entrada de dados e na condição que você especificou)
  • Saída

Neste exemplo, a entrada de valores será importante para tomada de decisão quando desejar determinar se uma OTR ou DTR são para produtos perigosos ou não. Você pode definir isso usando a definição de acesso a dados. A decisão em si é baseada na entrada de valores/dados e na condição.


A condição é baseada em um tipo de condição e especifica o que deve acontecer em resposta a um valor de entrada específico. O valor de saída é o resultado da decisão.



Caso de Uso 2 – Exemplo prático – Definir tipo de OTR


O exemplo abaixo contém os passos para determinar o tipo de OTR (necessidade de transporte baseada em ordem) ao transferir uma ordem de venda, pedido de compra ou pedido de transferência para o TM.


Passo 1. No SAP Netweaver Business Client para SAP TM selecione Administração da aplicação -> Configurações Gerais -> Condições -> Criar Condição

Screen Shot 2015-08-05 at 2.26.14 PM.png


Passo 2. Entre com as informações: ID da Condição, Descrição, Tipo de Condição e a Origem da Condição. No exemplo iremos utilizar o tipo de condição /SCMTMS/OTR_TYPE usado para determinar o tipo da OTR; iremos determinar a condição com base em uma tabela de decisão do BRF+.

Screen Shot 2015-08-05 at 2.29.50 PM.png


Passo 3. Uma vez definida a condição clique no botão Definição de acesso aos dados.

Screen Shot 2015-08-05 at 2.31.31 PM.png


Passo 4. Entre com as informações conforme figura abaixo. Neste caso estamos definindo que os parâmetros de entrada da tabela de decisão serão a categoria do documento de origem e o tipo do documento de origem.

Screen Shot 2015-08-05 at 2.33.53 PM.png

Passo 5. Clique no botão retornar para voltar a tela de definição da condição.

Screen Shot 2015-08-05 at 2.34.08 PM.png

Passo 6. Adicione os valores de entrada e saída da tabela de decisão.

Screen Shot 2015-08-05 at 2.34.20 PM.png

Screen Shot 2015-08-05 at 2.34.38 PM.png

Screen Shot 2015-08-05 at 2.39.40 PM.png

Neste exemplo, quando for recebida uma ordem de venda do tipo ORB o sistema irá criar uma OTR do tipo ORB. Foi adotado a mesma identificação da OTR para ordem de venda mas não que isso deva ocorrer; muito provavelmente você irá identificar de outra forma.

Passo 7. Grave as alterações. Você criou sua primeira regra de negócio utilizando condição no SAP TM!


Caso de Uso 3 – Exemplo prático – Definir tipo de DTR

O exemplo abaixo contém os passos para determinar o tipo de DTR (necessidade de transporte baseada em remessa) ao transferir uma remessa para o TM.


Passo 1. No SAP Netweaver Business Client para SAP TM selecione Administração da aplicação -> Configurações Gerais -> Condições -> Criar Condição

Screen Shot 2015-08-05 at 2.26.14 PM.png


Passo 2. Entre com as informações: ID da Condição, Descrição, Tipo de Condição e a Origem da Condição. No exemplo iremos utilizar o tipo de condição /SCMTMS/DTR_TYPE usado para determinar o tipo da DTR; iremos determinar a condição com base em uma tabela de decisão do BRF+.

Screen Shot 2015-08-10 at 3.19.37 PM.png


Passo 3. Uma vez definida a condição clique no botão Definição de acesso aos dados.


Passo 4. Cria as linhas conforme imagens abaixo. Neste exemplo você irá determinar qual o tipo de DTR será determinado com base em uma tabela de decisão onde o sistema irá verificar a categoria do documento, tipo do documento e local de origem.

Passo 4.1

Screen Shot 2015-08-10 at 4.37.34 PM.png

Passo 4.2

Screen Shot 2015-08-10 at 4.37.42 PM.png

Passo 4.3

Screen Shot 2015-08-10 at 4.37.51 PM.png

Passo 5. Clique no botão retornar para voltar a tela de definição da condição.

Passo 6. Adicione os valores de entrada e saída da tabela de decisão.

Screen Shot 2015-08-10 at 4.39.35 PM.png

Neste exemplo, quando for recebida uma remessa do tipo LF, cujo local de origem seja 1000, 1010, 1020 e 1030 o sistema irá criar uma DTR do tipo DTR1.

Passo 7. Grave as alterações.

Abraço

Eduardo Chagas


To report this post you need to login first.

1 Comment

You must be Logged on to comment or reply to a post.

Leave a Reply