Hoje foi criada uma necessidade por um key user que achei muito interessante e preciso compartilhar com a comunidade: de fazer um lançamento de uma fatura de fornecedor em uma conta de reconciliação diferente do dado mestre do fornecedor.

Eu precisava atender essa necessidade do usuário porém não queria criar um razão especial para essa eventualidade.

Achei esse artigo do link  http://scn.sap.com/docs/DOC-56399 TRM posting to alternative reconciliation account of customer subldege , que demostra como fazer essa configuração para o módulo de tesouraria, e com base nele fiz umas adaptações para minha necessidade paras os  módulos  AP e AR.

Segue passo a passo.

Passo 01) Pela SM30 acessar a  tabela V_THKON e colocar as contas desejadas.

Apesar do dados mestre do fornecedor está com a conta 205001 essa configuração vai permitir lançamentos na  conta 205002.

F1.png

Passo 2) Na transação OBD4 configurar o grupo de status do campo do grupo da conta para deixar o campo  ”Cta.reconcil.admite entrada” na aba “Entrada do documento” habilitado.

/wp-content/uploads/2015/03/f2_663768.png

Passo 3) Na transação FS00  acessar as contas e deixa os campo ”Cta.reconcil.admite entrada” marcado.

/wp-content/uploads/2015/03/f3_663769.png

Exemplo na transação FB60  de um lançamento de fatura com do campo cona do razão habilitado.

F4.png

A configuração é exclusivamente para lançamento em FI pelas transações FB60, FB70, FB01, FB02 e FB50, essa configuração não fica disponível na MIRO e VF01.

Quem encontrar alguma divergência por favor apontar neste documento para conhecimento de todos.

Sucesso e Bons Negócios

To report this post you need to login first.

3 Comments

You must be Logged on to comment or reply to a post.

  1. Marssel Vilaça

    Transmissão de pensamento. Pensei em postar a respeito desse problema.

    Ontem me deparei com essa dúvida vinda de um amigo. O cliente dele quer ajustar as contas de recebíveis e a pagar para entrega do Balanço mês que vem.

    A grande finalidade do customizing contas de reconciliação alternativa é a possibilidade de lançar sem razão especial para alterar a conta, ou evitar a criação de multiplos dados mestres para lançar títulos em contas variadas de ativo e passivo.

    Essa solução resolve o problema, já que movmenta o saldo, mas deixam várias questões em aberto que afetam a saúde da empresa:

    1 – Contas de reconciliação só devem ser movimentadas através de títulos em suas subcontas. Onde estão esses títulos que geraram a diferença? Porque estão perdidos e dando diferença no saldo?

    2 – Como justificar para a auditoria a criação de um documento a pagar que não representa despesa nem receita e teve o propósito de ajustar um saldo desconhecido?

    3 – como serão baixados estes títulos? ficarão em aberto? Compensarão no exercício posterior?

    Quando se implanta o SAP é muito comum ouvir inúmeras reclamações por parte dos usuários em relação aos ajustes. Existem sistemas no mercado que possuem a base de dados totalmente aberta. Uma máquina de escrever. Aí então ajustes com este são realizados em minutos. Porém o SAP só possui uma forma de trabalhar: a forma correta. O SAP é todo desenhado para gritar quando vê um problema se processo.

    Isso agrada muito aos gestores e desagrada aos usuários.


    Antes de realizar esse procedimento eu recomendaria uma análise minunciosa dos documentos.

    Se a diferença de saldo for um problema técnico, porde-se abrir um chamado na SAP. Se for por diferença de títulos, eles têm que ser localizados e corrigidos via estorno ou devolução. Em seguida pode-se partir para este processo se nada mais for possível.

    Abraço

    (0) 
      1. Luiz Omar Goncalves
        bom dia.

        aproveitando a discussão sobre o assunto, tenho um problema parecido e acredito que possam me ajudar a resolvê-lo.

        na empresa em que estou prestando suporte, ocorreu a seguinte situação:

        1- no lançamento de carga do saldo de fornecedores, alguns fornecedores e clientes específicos estavam com a conta de reconciliação errada. eles eram fornecedores/clientes de mercado externo e a conta apontava para mercado interno.

        no entanto, o saldo foi carregado com esse erro;

        2- por orientação da consultoria à época, os usuários modificaram a conta de reconciliação sem antes zerar o saldo das mesmas. dessa forma, em alguns lançamentos, ao abrir determinados lançamentos, na visão do razão é vista uma conta de reconciliação e na visão de entrada, a conta de reconciliação modificada erroneamente;

        3- ao gerar a FAGLB03, o saldo total está correto. no entanto, ao explodir o saldo para visualizar lançamento a lançamento, o saldo apresenta a diferença exata dos valores que tiveram a conta de reconciliação alterada. Tentando facilitar sua compreensão, vou exibir a tela dos lançamentos e dos saldos abaixo:

        Imagem inline 2

        o saldo total é R$-5.084.048,96. Mas, ao explodirmos esse montante ele já carrega 5.125.267,50.

        Imagem inline 1

        cuja diferença para o saldo “fechado” é de 41.218,54, que á a soma exata de dois lançamentos que tiveram a conta de reconciliação modificada. veja abaixo os lançamentos:

        Imagem inline 3

        rodei um relatório da FAGLFLEXA, que demonstra os lançamentos na conta 21301001

        Imagem inline 4


        mas, ao gerar um relatório na FAGLFLEXT, não tenho esses lançamentos, originando a diferença:

        Imagem inline 5

        a correção correta seria a anulação de compensações e estornos dos lançamentos envolvidos, o que não é mais possível.

        Saberia dizer como corrigir isso?

        Grato.

        (0) 

Leave a Reply