Muitos dos problemas que acontecem no recebimento fiscal das empresas é decorrente do tax code informado erroneamente no pedido de compras. Isso se deve muito ao fato do comprador não ter conhecimento fiscal e que acaba gerando grande retrabalho no recebimento ou mesmo a escrituração errada da nota fiscal.

Uma das estratégias do TDF é dar condições para que as empresas tenham as informações lançadas corretamente na base evitando manutenções posteriores seja na base do SAP ERP ou na base de dados do TDF.

A determinação automatica do tax code no pedido de compra, programa de remessa e contrato pode ser feita através do registro info, bem como utilizando a técnica de condições e ainda através do BRF+.

O objetivo deste documento é mostrar como aplicar a técnica de condições para determinar o tax code no pedido de compras,  programa de remessa e contratos.

Importante:

  • Este documento não se propôe a descrever uma solução completa, mas sim dar o “caminho das pedras” já que a aplicação irá depender de cada empresa/processo de negócio.
  • O uso da técnica de condições para determinar o tax code não requer o licenciamento do TDF.

Veja abaixo os passos para configurar a determinação do tax code no pedido de compras


Passo 1. Criar uma tabela de condição. Para isso execute a transação M/03 ou acesse através do seguinte caminho do IMG: Administração de materiais  > Compras  > Condições  > Determinar determinação de preço  > Atualizar tabelas de condições


No exemplo abaixo foi criada a tabela 912 tendo como chaves a organização de compras, centro, fornecedor e material.


* Caso queira somente testar a funcionalidade… basta pular para o passo 3 e associar uma sequencia de accesso já existente e que seja compatível com o cenário.

/wp-content/uploads/2014/07/pic1_506853.png


Passo 2. Criar uma sequencia de acesso (ou adicionar a uma sequencia existente). Para isso execute a transação M/07 ou acesse através do seguinte caminho do IMG: Administração de materiais  > Compras  > Condições  > Determinar determinação de preço  > Determinar sequencia de acesso


No exemplo abaixo foi criado a sequencia de acesso ZTMM e associada a tabela 912.

/wp-content/uploads/2014/07/pic1_506853.png

/wp-content/uploads/2014/07/pic1_506853.png

/wp-content/uploads/2014/07/pic1_506853.png


Passo 3. Criar um novo tipo de condição com cópia da condição NAVS. Para isso execute a transação M/06 ou acesse através do seguinte caminho do IMG: Administração de materiais  > Compras  > Condições  > Determinar determinação de preço  > Determinar tipo de condição


No exemplo abaixo foi criado o tipo de condição ZTMM com copia da condição NAVS.

/wp-content/uploads/2014/07/pic1_506853.png

* observe que a condition class deve ser igual a “D”


Passo 4. Incluir o tipo de condição ZTMM na pricing procedure de MM. Para isso execute a transação M/08 ou acesse através do seguinte caminho do IMG: Administração de materiais  > Compras  > Condições  > Determinar determinação de preço  > Determinar esquema de cálculo

No exemplo abaixo foi adicionado o step 21 sequencia 3 com o tipo de condição ZTMM.

/wp-content/uploads/2014/07/pic1_506853.png


Passo 5. Criar a condiçao para determinação do tax code. Para isso execute a transação MEK1 ou acesse através do seguinte caminho do menu Easy Access: Logistica > Administração de Materiais  > Compras > Dados mestre > Condições > Outros > Criar

/wp-content/uploads/2014/07/pic1_506853.png

/wp-content/uploads/2014/07/pic2_506869.png


Passo 6. Criar pedido de compras utilizando as chaves definidas na condição para determincação do tax code. Isso pode ser feito através da transação ME21N.

Veja que o sistema determinou automaticamente o tax code P1 conforme o registro de condição criado na MEK1.

/wp-content/uploads/2014/07/pic1_506853.png

Para maiores informações veja a nota abaixo:

501054 – FAQ: Taxes in purchasing

Dependente do licenciamento do TDF


Com a ativação da função LOG_TMF_INT_1, três novos campos são disponibilizados para auxiliar na determinação do tax code. São eles:

  • Tax Subj. (ST): informa se o cenário é sujeito a “Substituição Tributária” (ST), baseado nas configurações.
  • Tax Incentive Type: informa se o cenário é sujeito a qualquer incentivo fiscal (ex. REIDI).
  • Incentive ID: complementa o incentivo fiscal com o número do projeto de incentivo fiscal (pode conter o número da Portaria, número ADE, etc.)

Além disso dois novos campos foram criados para governança e controle sobre as alterações no tax code determinado automaticamente. São eles:

  • TC Auto Det.: tax code determinado pela condição NAVS
  • Man. TC Reason: razão para modificação manual do tax code. O tax code somente pode ser alterado quando um razão for informada.

Picture1.jpg

Para maiores informações veja a nota abaixo:

1864230 – TDF: automatic tax code det. MM – Implementation Objects

Como comentei antes, este é um simples exemplo de como implementar a determinação automática do tax code no pedido de compra utilizando a técnica de condições. Cabe agora a você, avaliar os cenários de negócio da sua empresa e definir uma estatégia de implementação para reduzir os problemas no recebimento e assim estar melhor preparado para implementar o TDF na sua empresa.

Qualquer dúvida ou sugestão entre em contato.

Abraço

Eduardo Chagas

************ Veja também… Implementando TDF – Determinar Tax Code no Pedido de Compra usando o BRF+ – PARTE 1

To report this post you need to login first.

Be the first to leave a comment

You must be Logged on to comment or reply to a post.

Leave a Reply