Skip to Content

Olá Pessoal, Feliz 2014 para todos e após muitos Go-Live e projetos em 2013 temos uma pergunta no ar!!!

Por que os projetos falham?

Eu levantei alguns pontos em projetos, do qual tive participações pontuais que já estavam em andamentos, e também projetos pequenos ou grandes  e me deparei com alguma questões do qual iremos comentar um pouco.

Após uma profunda analise de todos os projetos que tive contato cheguei a algumas conclusões que nos levam as falhas nos projetos SAP, e temos que observar que temos vários fatores que geram estas falhas, e com isso temos ações e entendimentos que devem ser feitos para evitarmos as falhas nos projetos evitando assim o tão temido No-GO, ou insatisfação por parte do Cliente.

Motivos dos quais nos ajudam ou fazem para que o os projetos SAP falhem…

1. Está claro os objetivos do projeto, o prazo, budget, expectativas do cliente e de sua equipe;

2. Faltou liderança do gerente de projeto sim somos responsáveis e o gerente de projeto do cliente também e responsável pelo projeto e liderança de sua equipe interna;

3. Faltou tempo para as estimativas e planejamento do projeto isso e comum já que cada vez mais estamos com prazos menores e muitas vezes quem fecha o projeto, não executa o mesmo;

4. Não foram conhecidas as necessidades da empresa, o BBP não foi bem elaborado, não tivemos o total conhecimento das atividades do cliente, e muito menos do entendimento do negócio ou área do qual iremos executar o projeto;

5. Os stakeholders tinham expectativas diferentes para o mesmo projeto tudo foi muito bem discutido as dúvidas foram sanadas;

6. Não foi verificado se as pessoas envolvidas nas atividades tinham conhecimento necessário para executá-las isso e importante saber, tanto por parte da equipe funcional, quanto a equipe operacional do cliente;

7. As pessoas não estavam trabalhando nos mesmos padrões, ou os padrões de trabalho não foram estabelecidos;

8. As metodologias foram adotadas, sua equipe conhece a metodologia e seu cliente também conhece a forma que o projeto será conduzido;

9. Sua equipe de projetos foi alterada diversas vezes no decorrer do projeto e não e mais a mesma do início do projeto, e não tivemos um planejamento de fase-in ou fase-out;

10. O treinamento e a capacitação foram adequados ou inadequados de acordo com o nível de conhecimento dos usuários;

11. Os usuários e todos os participantes do projeto sambem sobre os objetivos do projeto e querem que o projeto de certo;



    Best Regard’s

Gilberto Disessa Junior

To report this post you need to login first.

15 Comments

You must be Logged on to comment or reply to a post.

  1. Guilherme Balbinot

    Uma tag é um tipo de palavra chave que ajuda a descrever um texto e permite que ele seja encontrado novamente através de uma busca.

    Tags removidas, por favor insira-as novamente.

    (0) 
  2. Eduardo Chagas

    Oi Gilberto… se me permite.

    Da forma como foi colocado o seu blog pode confundir. Sugestão… ou você fala sobre o que contribui para o sucesso nos projetos OU você fala sobre o que contribui para os projetos falharem. Não me entenda mal mas quem conhece de GP não vê nenhuma novidade no que você está falando e quem está entrando no mercado… não vai saber distinguir o que é bom ou errado!

    * se procurar no google “porque os projetos falham” irá encontrar mais de 85.000 registros!

    Eu sinceramente acho que seria muito mais interessante se você descrevesse uma experência sua bem sucedida. Por exemplo… um dos pontos que você mencionou foi “treinamento”. Em seus projetos que ações foram feitas para que esse entregável fosse bem sucedido?

    Ou… definição do escopo! O que foi feito nos projetos em que você atuou para que o escopo fosse bem definido, gerando assim pouca ou nenhuma alteração. Foi adotado alguma metodologia? Que metodogia foi adotada?

    Acho que irá agregar mais a comunidade e você pode assim obter a visibilidade que você espera.

    Por favor observe o comentário do Guilherme quanto ao uso das tags.

    Certo da sua compreensão.

    Abraço

    Eduardo Chagas

    (0) 
    1. Henrique Pinto

      Vc nao recebeu uma msg na sua visão de “Actions” no menu lá em cima, do lado direito de Activity & Communications? Em teoria, qdo vc tem um conteudo rejeitado por um moderador (como foi o caso aqui), o conteúdo volta pra você pra ser revisto, editado e replubicado, se for o caso.

      Ao menos é assim quando se rejeita um document ou blog. Não tenho certeza como funciona quando se rejeita comentário, mas em teoria deveria ser similar.

      (0) 
  3. Eduardo Chagas

    Sem problemas! Sei como é!

    Fique a vontade em trocar experiência ou se quiser mandar o blog antes de publicar pra mim e discutirmos a respeito. Acho legal as vezes discutir com outras pessoas.. e ter diferentes pontos de vista.

    Abraço

    Eduardo Chagas

    (0) 
  4. Marssel Vilaça

    Quem publica um conteúdo na internet tem que saber lidar com críticas, pois ninguém é obrigado a concordar ou discordar com o material exposto. O comentário do Custodio de Oliveira nem do autor não deveriam ser apagados.

    Tenho acompanhado o tom crítico das mensagens deste blog e encarei como um debate normal. Basta ver no link abaixo o bombardeio de críticas do lançamento da nova plataforma da SCN há exatos 2 anos. O então SAP SVP Mark Yolton deu uma aula de como enfrentar as feras com elegância.


    New SCN – Day 2 Update


    E olhem que uma pesquisa mostrou 86% de descontentamento com a nova plataforma.

    Is new SCN design good or bad to forums?

    4 weeks of new SCN: do you feel an improvement?

    De melhoria em melhoria, temos a rede social SAP que temos hoje. Graças à liberdade de expressão! πŸ˜‰

    Sobre a este blog, Eduardo Chagas não me deixou espaços para comentar πŸ˜€


    Abraços

    (0) 
    1. Mauricio Cruz

      Concordo com o Marssel Vilaça !

      Você tem duas formas de encarar uma crítica: ou você fica de mimimi e com raiva de quem te criticou, ou para e pensa se aquilo que você escreveu realmente merecia uma crítica.

      Não tem problema postar um conteúdo errado/já batido caso você não perceba, a questão é não abaixar a cabeça por teimosia, e deixar de entender que o conteúdo talvez não seja tão bom assim quanto você pensa.

      Como disse o Eduardo Chagas , os pontos deste blog são muito genéricos, e não trazem nenhuma discussão, simplesmente apontam coisas que qualquer GP ou Consultor experiente está careca de saber e termina do nada, sem nem uma conclusão.

      Dito tudo isso, qualquer crítica é valida, e eu duvido que o Custodio de Oliveira tenha ofendido de algum forma o criador do blog, deve ter criticado fortemente o conteúdo – o que ele já faz sempre, independente de quem seja. Eu mesmo já apaguei metade de um blog porque o Custodio de Oliveira me mostrou que eu estava errado… não tem mimimi: eu estava errado, e tinha que apagar metade, ponto!

      Gilberto Jr Disessa : tem muita besteira escrita na internet, muita coisa genérica, muita informação descartável. Tome todas as criticas daqui como uma forma de crescimento, e crie um blog animal da próxima vez. Tenha certeza que todo mundo terá prazer em fomentar uma boa discussão.

      Abraços!

      (0) 
      1. Custodio de Oliveira

        Mauricio Cruz wrote:

        Eu mesmo já apaguei metade de um blog porque o Custodio de Oliveira me mostrou que eu estava errado… não tem mimimi: eu estava errado, e tinha que apagar metade, ponto!

        Eh mesmo?!? Quando foi isso? Como diria o Ze Gallo, ai sim, fomos surpreendidos novamente πŸ˜€

        (0) 
    2. Eduardo Chagas

      Oi Marssel.

      O que aconteceu foi que a msg do Custódio caiu na moderação. Não que ele tenha escrito um palavrão mas de certa forma foi ofensiva e por isso foi inibida.

      As críticas são bem-vindas e com certeza ajudam a melhorar a qualidade da comunidade e do conteúdo, mas é preciso ter cuidado ao fazê-la.

      Importante lembrar que uma das regras do SCN é…

      Be professional and courteous. Temper negative emotions, keeping communications professional. Do not berate other members for asking questions or posting something you don’t like. The community is intended to be open on a variety of topics.


      πŸ™‚

      (0) 
      1. Marssel Vilaça

        Eduardo, dependendo do ponto de vista, uma opinião contrária a do autor será sempre rude e descortês. Vai depender de interpretação. Eu particularmente não faço comentários se não gosto ou não concordo, e procuro ser mais político em fazer críticas. No entanto um pouco de pimenta não faz mal a ninguém, né? πŸ˜€ Cada um no seu estilo.

        Abraço

        (0) 

Leave a Reply