A consultoria Robert Half, disponibilizou o guia salarial para o ano de 2014, as previsões estão bem otimistas para a área de tecnologia. É necessário estar preparado para fazer parte desta tendência!

“Motivadas por expansão de quadro na área de tecnologia, as empresas continuam com demanda constante por esses profissionais, especialmente nas indústrias Web e de serviços. A profissionalização das companhias médias, o crescimento e a  importância da tecnologia como área estratégica para empresas de todos os setores mantiveram o mercado aquecido este ano. As perspectivas para 2014 são otimistas: as  empresas continuarão precisando de profissionais qualificados em tecnologia, com destaque para as áreas de implantação de sistemas, negócios e infra-estrutura. O perfil comportamental e o histórico desses profissionais estão pesando nas decisões de contratação das companhias. Candidatos com bom relacionamento interpessoal, proatividade, compromisso com resultados e, principalmente, estabilidade nas passagens por antigos empregos são valorizados.

O nível de qualificação dos profissionais de tecnologia continua a ser um desafio, assim como o conhecimento em idiomas. A escassez de profissionais com fluência em inglês continua a ser um grande problema para as companhias. Como consequência, os profissionais com bom histórico profissional e boa qualificação tendem a valorizar seus salários fixos, enquanto as bonificações devem estar cada vez mais atreladas a resultados de projetos.”

Fonte: http://www.roberthalf.com.br/guia-salarial-tendencias-em-2014

Esperar e torcer para que tudo saia como previsto!

Ailton Souza

To report this post you need to login first.

3 Comments

You must be Logged on to comment or reply to a post.

  1. Marssel Vilaça

    Eu tinha olhado essa pesquisa e é interessante, pois trata de reajuste salarial para todas as área, inclusive TI.

    Penso que o mercado SAP é um caso a parte. Ainda mais na forma de contratação PJ que não foi tratada na pesquisa. Mas ao menos dá pra ter alguma ideia de valores.

    abraço

    (0) 

Leave a Reply